Lula lidera intenções de votos para 2018, mas Marina venceria segundo turno

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) aparece na frente em todas as simulações de primeiro turno divulgadas nesta segunda-feira pela pesquisa nacional do Datafolha para as eleições presidenciais de 2018. A ex-senadora Marina Silva (Rede), entretanto, é a candidata favorita do segundo turno. O instituto entrevistou 2.828 pessoas com 16 anos ou mais de todo o Brasil.

Lula cresceu em comparação com as últimas pesquisas e permanece o favorito no primeiro turno. Mas num hipotético segundo turno com Marina, a ex-senadora conseguiria derrotar o ex-presidente.

Foram quatro cenários diferentes: um com o senador Aécio Neves (PSDB), outro com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), um terceiro com o ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB). Já a quarta e última simulação conta com os três tucanos concorrendo, além do juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia e do empresário Roberto Justus.

No primeiro cenário, o ex-presidente tem 25% contra 15% de Marina. Aécio aparece com 11%, o deputado Jair Bolsonaro (PSC) com 9%. Além deles, também constam na pesquisa Ciro Gomes (PDT) com 5%, o presidente Michel Temer (PMDB) com 4%, além de Luciano Genro (PSOL) e Ronaldo Caiado (DEM), ambos com 2% e Eduardo Jorge (PV), com 1%. Brancos e nulos somam 20% e não souberam, 6%.

No segundo, uma leve mudança: Lula tem 26%, Marina sobe pra 17%, enquanto Alckmin e Bolsonaro ficam com 8% e Ciro sobe para 6%. Os demais não apresentam mudanças.

O terceiro cenário, com Serra, apresenta Lula liderando com 25% contra 16% de Marina e 9% do chancelar tucano, empatado com Bolsonaro. Ciro continua com 6% e os demais não oscilaram.

No último cenário, com Moro, Justus e Cármen Lúcia, o ex-presidente ainda lidera, mas com 24%. Marina vem na segunda colocação, empatada com Sérgio Moro, com 11%. Aécio tem 7%, Bolsonaro 6% e Alckmin com 5%. Serra e Ciro tem 4%. Já Roberto Justus tem 2%, mesmo número de Michel Temer e Luciana Genro. A ministra Cármen Lúcia tem apenas 1% das intenções, empatada com Eduardo Jorge e Caiado. Brancos e nulos somam 13% e não souberam, 5%.

Segundo turno tem Marina na frente

Já nas simulações de segundo turno, a ex-senadora Marina Silva é favorita em todos os cenários em que participa. Contra o ex-presidente Lula, venceria por 43% a 34%, com 20% brancos e nulos e apenas 3% sem opiniar.

Contra os tucanos, a diferença é ainda maior: Contra Aécio, Marina vence por 47% a 25%, com 24% de brancos e nulos e 4% sem escolher candidato. Contra Alckimin, a diferença sobe um ponto: 48% a 25%. Contra Serra a diferença é a menor: 47% a 27%, com 22% de brancos e nulos e 4% que não souberam dizer.

Sem Marina, Lula teria mais chances. O ex-presidente aparece liderando por pouco contra Aécio Neves, 38% a 34%, mesmo cenário contra Alckmin. Já contra José Serra, o Lula teria 37% contra 35% do chanceler tucano. Os brancos e nulos oscilam de 24% a 25%. Os indecisos somam 3% ou 4%.

Temer ultrapassa Lula no índice de rejeição

Talvez a grande novidade da pesquisa, o índice de rejeição do atual presidente Michel Temer é o maior entre os candidatos apresentados. Em julho, Temer apresentava 29% de rejeição. Agora, com 45%, lidera a pesquisa de candidatos menos cotados, ultrapassando o ex-presidente Lula, que tem 44%. Bem abaixo, aparece Aécio Neves, com 30%. Em seguida, Serra (20%), Bolsonaro (18%), Alckmin (17%), Marina (15%), Roberto Justus (14%), Ciro Gomes (13%), Luciana Genro (11%), Ronaldo Caiado (9%), Sérgio Moro (9%), Eduardo Jorge (8%), Cármen Lúcia (8%).

Os que rejeitam todos são 6%. Já os que não rejeitam nenhum, 4%. Não souberam outros 4% dos entrevistados.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>